terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Encerramento do ano letivo


Da esquerda para a direita: Ivan, Adriana, Ebert, Andrea, Gustavo, Auri, Jaqueline, Noemy, Eri, Ludmila, Edvaldo, Ana Helena, Leila, Cibelly, Denise.


Natal se aproximando...

Hora de introspecção, reflexão, mas, sobretudo, de agradecimentos, nunca suficientes, porém, imprescindíveis: aos funcionários da Escola Judicial que, sem medir esforços, desdobraram-se para cumprir com esmero o muito que lhes foi solicitado; aos conselheiros, magistrados Adalberto, Regina, Armando, Cynthia e Eduardo (permitam-me chamá-los, assim, informalmente), sem os quais a realização das tarefas seria imensamente mais árdua e muito menos eficiente; aos demais colegas – juízes, substitutos e titulares, e desembargadores -, funcionários, estagiários e colaboradores deste Tribunal, porque deram razão à existência desta Escola; enfim, a todos aqueles que, de alguma forma, participaram desses momentos, tão intensos, quanto gratificantes, durante o trajeto percorrido pelo período em que, em parte deste ano de 2014, estive à frente da Ejud2.

Obrigada!

Foram impressionantes 3.920 horas de atividades realizadas, no curso destes últimos doze meses, divididas em 221 eventos, dentre eles cursos (presenciais e à distância), seminários, palestras, oficinas. Houve 1.059 participações de magistrados, 5.931 de servidores, 1001 de estagiários e 1007 de jurisdicionados (público externo).

Portanto, foi, inquestionavelmente, ano coroado de êxito, o que se deveu, em sua maior parte, à direção anterior, conduzida de forma exímia pelo Desembargador Carlos Roberto Husek, sucesso que, espero, possa ser reeditado, em 2015.

Para tanto, repiso, o contínuo concurso de cada um é fundamental.

Mas, por ora, além de muito agradecer, desejo a todos um feliz Natal e um maravilhoso Ano Novo!


Leila Chevtchuk,
Diretora da Ejud2

3 comentários:

  1. Feliz natal e 2015 repleto de realizações!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns à toda a equipe !

    ResponderExcluir
  3. A Escola Judicial mantém-se no seu caminho, sem solução de continuidade quanto a estratégia, a estrutura, a boa vontade, a responsabilidade e a atuação de seus funcionários, coordenados pela sempre eficiente Ana Helena, o que garante, de início, a perspectiva de sucesso da Escola. Todavia, a nova diretora, Leila Chevtchuk, já demonstrou a personalidade própria e específica para comandar a nossa Escola, assessorada pelos conselheiros Adalberto, Cynthia, Armando,Regina e Eduardo. Tem-se notícia (não divulgada - princípio da modéstia e da rotineira eficiência, que não necessita de luzes) que a organização dos trabalhos tem sido primorosa, e nisto, o dedo ou as mãos da Dra. Leila revela-se em toda a sua plenitude. Fico feliz!. Elegemos para Escola pessoas que vão aprimorá-la e adequá-la aos novos ditames da ENAMAT, do CNJ, do CONEMATRA e de outros órgãos, que embora não a subordinem, obrigam-na a atitudes que nem sempre serão do agrado de todos, mas que com criatividade e inteligência ( o que não falta aos novos administradores).Só contribuirão para imprimir rumos melhores à necessária formação de todos nós. Parabéns diretora e amiga Leila. De seu aluno Carlos Roberto Husek

    ResponderExcluir