quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Abertura do ano letivo de 2018



Com muita alegria, na data de ontem, promovemos a abertura do ano letivo de 2018, com a presença da Ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi, diretora da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho - Enamat no biênio 2016-2018, que proferiu palestra sobre a Formação Continuada de Magistrados, inclusive com referências a Escolas de Magistratura em países europeus.

Desembargador Adalberto Martins, Diretor da EJUD2; Ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi, 
Diretora da ENAMAT.


Na mesma oportunidade, iniciamos os festejos relativos ao jubileu de prata desta nossa querida Escola Judicial, criada por Resolução Administrativa de 19/01/1993 do então presidente do Tribunal Dr. José Victório Moro, publicada no dia 05/02/1993, sendo oficialmente instalada no dia 05 de outubro do mesmo ano.

Já podemos afirmar que a Ejud2 conta com 25 anos dedicados à formação inicial e continuada de magistrados e servidores do Tribunal, escudada por equipe técnica competente e corpo docente de elevado nível, destacado entre convidados externos e integrantes da magistratura da 2ª Região e Servidores do próprio Tribunal.

Durante este ano, deixaremos a marca dos 25 anos estampada no logo comemorativo, concebido por Elina Hirano, funcionária da Seção de Implantação de Cursos On Line, vinculada à Coordenadoria de Gestão e Criação de Conteúdos Digitais no EAD desta Escola Judicial,  em todas as ações realizadas.  Esta foi uma das formas que encontramos para homenagear a Escola e todos aqueles que nos antecederam na árdua tarefa de levar adiante a sua proposta pedagógica.

Desembargador Adalberto Martins, Diretor da EJUD2; Ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi, 
Diretora da ENAMAT.


Desde o início de nossa gestão, em outubro de 2016, tivemos a oportunidade de promover ciclos de
formação inicial que se destinaram a 44 novos juízes, sendo 13 oriundos do 40º Concurso, 17 nomeados em face de aprovação no âmbito de outros regionais,  em conformidade à Resolução Administrativa n. 1859 do Colendo Tribunal Superior do Trabalho e 14 do 41º Concurso.  E ansiosamente, já aguardamos os candidatos aprovados que optarão pelo TRT-2ª Região em face do primeiro concurso de âmbito nacional, coordenado pela Ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi.

Além dos ciclos de formação inicial já destacados, no mesmo período oferecemos cerca de 2140 horas de capacitação (entre ações presenciais e ensino a distância), logrando 1150 capacitações de magistrados e 7500 destinadas aos servidores e estagiários, números que não chegam a surpreender quando se considera o nível de exigência e a demanda de um grande Tribunal.  E para fomentar a atividade de pesquisa, sempre necessária ao exercício da jurisdição, de maneira muito especial nos tempos atuais, em que somos atropelados por inovações legislativas que relativizam princípios outrora consagrados, não descuidamos da Biblioteca Dr. Nebrídio Negreiros, que está vinculada à Escola Judicial.  Envidamos esforços para renovar o acervo bibliográfico, renovamos as assinaturas das plataformas digitais das editoras LTr e Revista dos Tribunais, ambas contratadas no final de 2016, e promovemos a assinatura da plataforma proview (editora Revista dos Tribunais) para acesso a livros em formato digital. 

Digno de registro é a atuação do Conselho Consultivo desta Escola Judicial, formado, além do diretor da escola, pela desembargadora Ivete Ribeiro (vice-diretora) e pelos conselheiros desembargadora Regina Maria Vasconcelos Dubugras, Desembargadora Bianca Bastos, juiz Rodrigo Garcia Schwars e juiz Ítalo Menezes de Castro.  Temos um Conselho absolutamente comprometido e unido pelo propósito de realizar um trabalho que possa ser apreciado e permaneça à altura dos magistrados e servidores deste nosso Tribunal.

Enfim, persistimos no propósito de bem trabalhar para cumprir a missão institucional da Escola Judicial, e desejamos um excelente ano letivo a todos.


Adalberto Martins
Desembargador Diretor da Ejud2







Nenhum comentário:

Postar um comentário